quarta-feira, 22/12/2021
Destaque

Centro de Inovação da Educação inaugura nova unidade em Capela do Alto

É o 3º equipamento da iniciativa, além de uma unidade móvel; Creche Escola também foi entregue para o município

Nesta segunda-feira (20), o Secretário Estadual da Educação, Rossieli Soares, inaugurou a mais nova unidade do Centro de Inovação de Educação Básica Paulista (CIEBP). A cidade escolhida foi Capela do Alto, na região de Votorantim. Na ocasião também foi descerrada a placa do Centro Municipal de Educação Infantil Claro da Silva, construído através do Programa Creche Escola.

“Se tem uma coisa no mundo que devemos que investir é naquilo que nós amamos. Se nossas crianças são os bens mais preciosos, temos que cuidar deles, e é junto da educação que vamos dar o melhor para todas essas crianças”, afirma Rossieli Soares.

Nas unidades do CIEBP, os estudantes idealizam projetos, recebem mentoria no hub de inovação, trabalham com cultura maker, programação e robótica. Também utilizam a modelagem 3D para fazer protótipos. O objetivo é o desenvolvimento do protagonismo juvenil no processo de ensino e aprendizagem com atividades “mão na massa”.

A unidade CIEBP de Capela do Alto soma R$250 mil em investimentos, sendo que o prédio para implantação foi cedido em regime de colaboração com a prefeitura local, e tem capacidade para atender até 1.200 pessoas por dia, com 24 professores capacitados para atendimento.

“Hoje consolidamos o terceiro Centro de Inovação da Educação Básica Paulista, o segundo do interior, que vai atender tanto os estudantes da Capela do Alto como também todos os estudantes da Diretoria de Votorantim e regiões, democratizando o acesso à cultura maker e à robótica. Os estudantes, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, vão ter a oportunidade de colocar a mão na massa, num ambiente desde o hub de inovação até a prototipagem, recebendo mentorias e trilhas formativas para se dedicarem à inovação e tecnologia”.

Ao todo são sete espaços para atividades com uso de computadores, programação, robótica, jogos digitais, pesquisa e ideação de projetos. Também abriga um pequeno estúdio do Centro de Mídias de São Paulo (CMSP) de gravação, locução, sala maker de criatividade visual, prototipagem, fabricação digital, além de um Hub Educacional.

“É um momento de festa com a inauguração do CIEBP que vai proporcionar tecnologia na prática para nossos alunos, formá-los e prepará-los para o futuro. Estamos vivendo um momento de muita inovação no ensino público paulista”, comemora a dirigente regional de Votorantim, Tereza Leonor Aparecida Barros Guimarães Milano.

Para Letícia Nunes Galdêncio, aluna da 1ª série da EE Coronel Pedro Dias, de Campos de Capela do Alto, o equipamento representa uma grande oportunidade: “Aqui no Centro de Inovação podemos ter um conhecimento do que vamos encontrar em uma faculdade e descobrir uma paixão nova”.

O prefeito de Capela do Alto, Péricles Gonçalves, destaca que “o CIEBP é uma oportunidade de dar a todos o acesso à tecnologia de ponta. Aqui vamos preparar nossos jovens para a educação do futuro, tenho certeza de que daqui vão sair histórias transformadoras de pessoas que passaram por esta trilha de conhecimento”.

Os agendamentos para as trilhas formativas deverão ser feitos pela SED – Secretaria Escolar Digital, como já ocorre com os CIEBPs da capital, Sorocaba.

Creche Escola

O Centro Municipal de Educação Infantil Claro da Silva tem capacidade para atender 150 crianças de 0 a 5 anos. Trata-se da 168ª creche escola da atual gestão e sua construção, no município de Capela do Alto, foi realizada graças ao investimento de mais de R$ 1,7 milhão da Secretaria da Educação do Estado em parceria com a prefeitura local.

O prédio possui salas pedagógicas, berçários com fraldário e lactário, secretaria, refeitório, banheiros e área de serviço. A unidade também respeita todas as normas de segurança e de acessibilidade.

Para a viabilização da obra, os municípios devem apresentar um terreno compatível com um dos três modelos de plantas oferecidos pela Secretaria da Educação, além da documentação requerida.

A Pasta, por sua vez, efetua o repasse das verbas em sete parcelas, mediante a execução das obras e só após o laudo da vistoria, emitido pela FDE. A licitação e condução dos serviços podem ficar tanto a cargo da Prefeitura, quanto da FDE. Com o projeto, o governo estadual espera expandir o atendimento de alunos dessa faixa etária, prioritariamente, em localidades com maior vulnerabilidade social.

Entre 2019 e 2021, foram investidos R$ 272 milhões no Programa Creche Escola, gerando 22,1 mil vagas de educação infantil em todo o estado de São Paulo.