terça-feira, 07/11/2017
A Escola Que Queremos

De todo o Brasil, 10% dos Jovens Embaixadores são da rede estadual paulista

Na edição de 2018, seis estudantes de São Paulo vão representar a Educação nos Estados Unidos por três semanas

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou os nomes dos 50 estudantes de todo o Brasil selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2018, que passarão três semanas no país norte-americano. Esse ano a seleção contemplou pelo menos um representante de cada estado brasileiro e do Distrito Federal. Mas, São Paulo será representado não só por um, ou dois estudantes, e sim por 6 jovens.

Os escolhidos são Bruno Gomes do Carmo, que mora na cidade de Osvaldo Cruz, Eduardo Figueiredo da Rocha, morador de Suzano, Ingrid Carolina Soto Escobar Ribeiro, de Valinhos, Paloma Cristina Bonfim, de Franca, Vinícius Machado de Araújo, de Sorocaba, e Carla Benfica Garcez Novaes, de Lins.

A viagem dos Jovens Embaixadores para os EUA será de 12 de janeiro a 4 de fevereiro. Durante essas três semanas, eles passarão pela capital dos EUA, Washington, D.C., e depois, em grupos, embarcarão para diferentes cidades americanas, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo norte-americano, líderes de ONGs, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo. No final da viagem, eles apresentarão um plano de ação na área de justiça social e voluntariado que será implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

Entenda o processo de escolha do Programa Jovens Embaixadores

O processo seletivo do Programa Jovens Embaixadores é bastante competitivo, com instituições parceiras de todo o Brasil. A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo é uma dessas várias parceiras da Embaixada Americana.

Uma das etapas do processo, que cabe à Educação, é indicar quatro representantes da rede estadual para seguirem dentro do Programa. A Embaixada Americana, por sua vez, escolhe dois desses nomes. Na atual edição, os dois escolhidos foram Bruno Gomes do Carmo, que mora na cidade de Osvaldo Cruz, e Eduardo Figueiredo da Rocha, morador de Suzano. Ambos passaram por um rigoroso processo composto por vários quesitos eliminatórios.

Os outros parceiros podem indicar até dois representantes. Desses, apenas um de cada parceiro será escolhido pela Embaixada Americana para ir até os Estados Unidos e participar do Programa. É por conta disso que a rede estadual paulista tem seis representantes, pois mais quatro alunos puderam ser selecionadas, que são Ingrid Carolina Soto Escobar Ribeiro, de Valinhos, Paloma Cristina Bonfim, de Franca, Vinícius Machado de Araújo, de Sorocaba, e Carla Benfica Garcez Novaes, de Lins.

Atualizado em 16/11/2017, às 14h14