sexta-feira, 20/12/2013
Professores e Funcionários

Divulgado cronograma da atribuição de aulas. Saiba datas e locais para definição da jornada

Professores efetivos, estáveis e temporários participam do processo, que será de 20 a 24 de janeiro

Atenção, professores! O cronograma da atribuição de aulas, que acontecerá entre os dias 20 e 24 de janeiro, já pode ser consultado. Nas orientações, publicadas no Diário Oficial do Estado, os educadores podem conferir em quais dias e horários deverão comparecer em suas escolas ou diretorias de ensino para definir as aulas que lecionarão em 2014.

– Acesse aqui a portaria na íntegra

Para o próximo ano, o processo que define a carga horária de trabalho dos docentes será simplificado. Com a mudança, o professor efetivo e estável vai definir toda a jornada em um único dia e na mesma escola de atuação. Antes o profissional precisava de três datas para atribuir, ampliar e suplementar a jornada de trabalho.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Cronograma

No dia 20 de janeiro, os educadores efetivos deverão definir as aulas que lecionarão no ano letivo de 2014. Para isso, os professores devem comparecer à unidade em que atuam. No mesmo dia e ainda na unidade escolar, os docentes poderão ampliar e suplementar sua jornada de trabalho.

No dia 21, os educadores efetivos que não foram atendidos ou foram parcialmente atendidos na unidade escolar devem comparecer na diretoria de ensino.

No dia 22, serão atendidos os candidatos inscritos no artigo 22, ou seja, aqueles que se cadastraram para atuar, somente no ano letivo de 2014, em outra unidade de ensino. O atendimento para esses professores será realizado nas diretorias de ensino, na parte da manhã.

Já no dia 23, é o momento de atribuição de aulas dos docentes estáveis, aqueles que conquistaram, ao longo do tempo, direitos semelhantes aos concedidos aos professores efetivos da rede. Na parte da manhã, esses educadores definirão as aulas que lecionarão em 2014 na unidade escolar em que atuam. No período da tarde, aqueles que pretendem completar ou ampliar sua carga horária devem se dirigir às diretorias de ensino.

No último dia do processo, 24 de janeiro, os educadores temporários que participaram do processo seletivo simplificado participam da atribuição de aulas, nas diretorias de ensino onde pretendem atuar. Nesse mesmo dia, os docentes efetivos e estáveis que se inscreveram para acumular como temporários também participam.

Novidades

Esse ano, pela primeira vez, os 36 mil professores efetivos e estáveis que fizeram o processo seletivo também vão poder acumular como temporários. Com o acúmulo, a carga horária dos docentes poderá ser ampliada em até 65 horas semanais.

Além de representar um ganho salarial de cerca de R$ 1.400 ao mês em caso de professores com jornada de 40 horas, a medida permitirá ainda que o professor efetivo substitua outro professor, afastado por licença médica por exemplo, em horário distinto de sua jornada.

Para saber mais, acesse a intranet da Educação