sexta-feira, 11/10/2013
Educação Especial

Educadores poderão participar de curso sobre educação especial inclusiva

Tire suas dúvidas sobre a formação na videoconferência de segunda-feira (14)

Com o objetivo de incluir alunos com necessidade especiais à vida escolar e à sociedade, a Secretaria da Educação, por meio da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores (EFAP), oferecerá aos educadores da rede estadual os cursos de “Educação Especial e Inclusiva – 2013”.

Para esclarecer possíveis dúvidas sobre a formação, na próxima segunda-feira (14), das 10h às 12h, será realizada uma videoconferência no site da Rede do Saber. O período de inscrição do curso semipresenicial terá início no dia 15 de outubro.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Serão disponibilizadas 1600 vagas. Dessas, 1000 serão voltadas para a formação de gestores e professores no curso de “Especialização em Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva”, com carga horária de 444h.

As outras 600 vagas serão voltadas para professores e professores coordenadores de núcleos pedagógicos. Serão seis cursos nas áreas de deficiência auditiva, visual, física, intelectual, transtorno global do desenvolvimento ou altas habilidades, com carga horária de 686h.

A formação, que tem início dia 5 de fevereiro de 2014, conta com a participação do Centro de Apoio Pedagógico Especializado (CAPE) e faz parte do Programa REDEFOR, uma parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP).

PROGRAMA REDEFOR

O programa REDEFOR, criado pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em parceria com o governo estadual e universidades públicas, oferece diversos cursos gratuitos de pós-graduação aos docentes da rede estadual, atuando na capacitação de professores que desejam se especializar.

Três grandes faculdades estão envolvidas neste projeto: USP, UNESP e Unicamp. Acesse o site .