quarta-feira, 07/01/2004
Últimas Notícias

Escolas da Família reinicia suas atividades neste final de semana

Ir para a escola será uma divertida opção nestas férias para pessoas de todas as idades. Durante o período de férias, as escolas estaduais estarão abertas nos finais de semana. É o Programa Escola da Família que retoma suas atividades com força total! A partir de sábado, dia 10 de janeiro, as mais de 5 […]

Ir para a escola será uma divertida opção nestas férias para pessoas de todas as idades.

Durante o período de férias, as escolas estaduais estarão abertas nos finais de semana. É o Programa Escola da Família que retoma suas atividades com força total!

A partir de sábado, dia 10 de janeiro, as mais de 5 mil escolas da rede estadual de ensino voltam a abrir as portas, oferecendo aos alunos, pais e à comunidade, atividades culturais, esportivas, artísticas, de lazer e de qualificação profissional.

Qualquer pessoa da comunidade pode ter acesso às atividades e aos cursos oferecidos pelas unidades escolares. Basta ficar atenta à programação e ao calendário de inscrições para as oficinas (artesanato, curso de línguas, culinária, dança, ginástica, etc.) Veja algumas das programações abaixo:

DE Centro-Oeste

E.E. Dr. Edmundo de Carvalho

Campeonato com bayblade (tipo de peão), concurso de dança, capoeira, handebol, ballet clássico, jazz, inglês, dança do ventre, futebol e inscrições para novos participantes

E.E. Prof Maria Ribeiro Guimarães Bueno

Grafite, capoeira, afrojazz, inglês voltado para a qualificação profissional, treino de futebol mirim – realização de amistosos entre escolas estaduais próximas -, vôlei, a escola criou o “Jovens Tardes” que é a reprodução de músicas variadas e que são escolhidas de acordo com o gosto dos presentes, tênis-de-mesa. Neste final de semana haverá uma apresentação de capoeira e um grupo de percussão será convidado para tocar junto à oficina de afrojazz.

DE Sul 2

E.E. Joiti Hirata

Xadrez, capoeira, dança, curso de tricô e crochê, pintura em tecido, oficina de cabeleireiro, oficina de contabilidade, oficina de eletricista, alfabetização, espanhol

E.E. José Lins do Rêgo

Judô, capoeira, artesanato, brinquedoteca, grafite, sala de leitura, teatro, dança, curso de informática, recreação esportiva, inglês.

DE Leste 5

E.E. Prof Florinda Cardoso

Futebol infantil, futsal adulto, tênis-de-mesa, pebolim, vôlei, brinquedoteca, artesanato, exibição de filmes e lanche comunitário.

E.E. José Chediak

Atividades esportivas: vôlei, futsal, handebol, inglês, japonês, informática, oficina de música e skate.

DE Norte 1

E.E. Dr Joaquim Silvado

Informática, ballet, jazz, artesanato, atividades esportivas: vôlei, basquete, tênis-de-mesa, futebol.

E.E. Cacilda Becker

Gincana de corda, queimada, teatro, pintura, atividades esportivas: vôlei, basquete, futebol, tênis-de-mesa.

DE Bauru

E.E. Joaquim Rodrigues Madureira

Sucatoteca, brinquedoteca, teatro, informática, cine-clube, brincadeiras, músicas, handebol, futebol e apresentação de uma banda de rock

E.E. Profª Marta Aparecida H. Barbosa

Violão, capoeira, Karachi, basquete, ponto cruz, baliza, skate, ginástica, voleibol, futsal e apresentações de grupos de street dance.

DE Americana

EE Prof Olympia Barth de Oliveira

Culinária e corte e costura – iniciativas de um grupo de mães voluntárias, artesanato, campeonatos esportivos promovidos pelo Grêmio Estudantil, capoeira, “Desbravadores” – grupo da comunidade que discute Cidadania e Ética, dança country, axé e banda musical.

E.E. Prof Neuza M. Nazatto de Carvalho

Jogos Rua contra Rua, horta – oficina de horticultura, teatro, “Alfabetização de 8 a 80”, capoeira, axé, culinária, violão e informática.

Quaisquer dúvidas sobre a programação poderão ser esclarecidas com a Central de Atendimento: 0800-7700012.

Sobre o Programa Escola da Família

As escolas da rede estadual transformaram-se em grandes espaços de convivência. As mais de 5 mil unidades, espalhadas pelos 645 municípios do Estado, estão abrindo as portas a seus alunos e às comunidades locais para a apresentação do Programa Escola da Família, uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a Unesco, que está promovendo atividades culturais, esportivas e pedagógicas durante os finais de semana em toda a rede.

O Programa Escola da Família, que também tem apoio do Instituto Ayrton Senna, começou oficialmente em agosto de 2003 e foi criado pela Secretaria da Educação a partir da idéia de renovar a relação entre a unidade escolar e a comunidade, com o objetivo de promover uma interação contínua entre todos os setores ligados ao ambiente de aprendizado.

Para movimentar os mais de 5,5 milhões de alunos da rede nos fins de semana, o Escola da Família conta com um educador profissional por unidade, com uma equipe de voluntários e com mais de 9 mil universitários bolsistas espalhados por todo o Estado. As bolsas são concedidas pela Secretaria da Educação em convênio com as faculdades e universidades particulares. A Secretaria oferece 50% do valor das mensalidades, limitado a um teto máximo de R$ 267,00, e as universidades complementam os 100% para os alunos escolhidos. Os universitários e voluntários passam por treinamento e capacitação, e trabalham 16 horas em cada final de semana (8 horas aos sábados e outras 8 horas aos domingos). Em 2004, a expectativa da Secretaria é atingir as 25 mil bolsas disponíveis para o programa.

Em 2003, 261 instituições de ensino superior foram parceiras do Escola da Família. Em 2004, 240 instituições já assinaram e/ou renovaram a parceria. O número deve aumentar, já que as faculdades e universidades ainda têm até o final do mês de janeiro para assinar e/ou renovar a parceria.

De agosto a dezembro de 2003, mais de 10 milhões de crianças, adolescentes e adultos participaram das atividades do Escola da Família. A meta para 2004 é aumentar em 50% o número de público do programa, que tem duração prevista de três anos.

Rosana Daumas