sexta-feira, 26/02/2016
Pais e Alunos

Estão abertas as inscrições para a 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa

Competição é voltada a alunos da rede pública matriculados no Ensino Fundamental ou Médio

Se você é aluno da rede estadual e gosta de escrever, chegou a oportunidade de participar da 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. As inscrições estão abertas e vão até 30 de abril.

Clique aqui para nscrição e mais informações 

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O concurso Olimpíadas de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma competição de produção de textos para alunos e professores de escolas públicas brasileiras, do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. O tema desta edição é: O lugar onde vivo, que propicia o participante a estreitar vínculo com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.

Edição 2014

Na edição anterior, 2014, um dos vencedores foi um interno da Fundação Casa na categoria poema. O aluno cursava o 6º ano do Ensino Fundamental na rede estadual, com aulas dentro da unidade e escreveu um poema sobre a vida na fundação.

Sobre a Olimpíada

A Olimpíada tem caráter bienal e, em anos pares, realiza um concurso de produção de textos que premia as melhores produções de alunos de escolas públicas de todo o país.

Participam professores e alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio, nas categorias:

– Poema no 5º e 6º anos EF;

– Memórias no 7º e 8º anos EF;

– Crônica no 9º ano EF e 1º ano EM;

– Artigo de opinião no 2º e 3º anos EM. 

Nos anos ímpares, desenvolve ações de formação presencial e a distância, além da realização de estudos e pesquisas, elaboração e produção de recursos e materiais educativos.

 Seleção e premiação

A avaliação dos textos começa pela comissão escolar, que faz a seleção das melhores produções no período de 10 a 19 de agosto. Em seguida, acontecem as etapas municipal e estadual. Deste processo, são escolhidos os 500 trabalhos que seguirão para a semifinal, 125 de cada gênero. As comissões julgadoras são compostas por professores, representantes dos pais e alunos, membros da comunidade, especialistas de universidades, representantes das instituições parceiras, do MEC e da Fundação Itaú Social.

Nessa etapa, o grupo é dividido por gênero para a realização dos encontros regionais, que este ano devem ocorrer em Fortaleza (CE), Salvador (BA), Porto Alegre (RS) e São Paulo (SP). Na oportunidade, professores e alunos semifinalistas recebem medalhas de bronze, livros e participam de atividades de formação, com oficinas de leitura e escrita e visitas culturais.