sexta-feira, 04/03/2016
CEL

“Estudo inglês desde os oito anos de idade”, diz aluno selecionado para programa de imersão à cultura dos EUA

Jovem de Bauru conta como foi selecionado para participar do programa

Dizem que a persistência e o aprendizado formam o grande caminho para alcançarmos nossos objetivos na vida. Tal lema pode ser aplicado para definir a vida do jovem Gabriel Victor Golçalvez de Bessa Camarero, 17 anos, estudante da E.E. Professora Carolina Lopes de Almeida, localizada na cidade de Bauru, município de São Paulo.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Com muita persistência e vontade de vencer, o aluno foi selecionado para participar do Programa de Imersão à Cultura dos Estados Unidos, oferecido pela Embaixada Americana no Brasil. A seleção se deu após a participação no programa Jovem Embaixador, iniciativa que seleciona 50 alunos da rede pública brasileira que são exemplos em sua comunidade para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos. “Eu me inscrevi como Jovem Embaixador no ano passado. Fui até às finais do programa, porém, não fui selecionado. Entretanto, como cheguei longe na competição, a Embaixada americana me selecionou para o Programa de Imersão”, conta.

Mas para chegar até essa fase, Gabriel teve que ralar muito. Um dos pré-requisitos para participar dos programas é ter conhecimento em Língua Inglesa, além de ter realizado algum trabalho voluntário. E o jovem começou cedo a estudar a nova língua. “Minha mãe sempre falava que era importante aprender a falar inglês. Então desde os meus oito anos de idade, estudo sozinho a língua. Assisto vídeos no YouTube e outras coisas na internet. Conforme o tempo foi passando, eu fui me aprimorando no idioma”, afirma.

Hoje, matriculado em uma das unidades de ensino do programa Centro de Estudo de Línguas (CEL), da Educação, Gabriel sente-se orgulhoso pela conquista. A viagem para o Programa de Imersão, que acontecerá em Brasília, será de 3 a 8 de julho.

“Tenho uma grande expectativa para a viagem. Ser selecionado para participar de um programa como esse é uma grande alegria para mim. Eu sou uma pessoa humilde e acredito que aqui de Bauru, deva ser o primeiro a conseguir isso. Durante o processo de seleção do programa, sei que competi com pessoas em melhores condições que eu para aprender inglês. Mesmo assim, consegui. É gratificante”, finaliza o jovem.

Intercâmbio na Europa

Em 2014, 219 alunos da rede estadual embarcaram para a Europa para realizar um intercâmbio estudantil. Os estudantes participaram de cursos intensivos de idiomas na Espanha, França e Inglaterra a fim de aprimorarem a bagagem cultural. Matriculados nos Centros de Estudos de Línguas, os jovens concorreram à viagem com outros 5 mil estudantes.