segunda-feira, 14/04/2014
Pais e Alunos

Inscrições para o parlamento jovem seguem abertas. Não perca!

Podem se inscrever alunos da 2ª ou 3ª série do Ensino Médio de escolas públicas ou particulares

As inscrições para a 11ª Edição do Parlamento Jovem Brasileiro seguem abertas até o dia 23 de maio. O evento, que ocorre entre 21 e 26 de setembro, vai reunir 78 estudantes de todos os estados. Podem se inscrever alunos entre 16 e 22 anos que estejam matriculados e frequentando regularmente a 2ª ou 3ª série do Ensino Médio em escolas públicas ou particulares.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O programa permite aos alunos vivenciar o processo democrático por meio da participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados. Segundo o responsável estadual pelo Parlamento Jovem Brasileiro, Sérgio Luiz Damiati, o programa oferece ao jovem a oportunidade de crescimento pessoal e coletivo, e possibilita a discussão e apresentação de propostas e soluções para os problemas brasileiros.

Como participar

Os estudantes devem elaborar um projeto de lei nas áreas de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Agricultura e Meio Ambiente, Economia, Emprego e Defesa do Consumidor e Saúde e Segurança Pública. Após a conclusão do projeto, os alunos devem preencher a ficha de inscrição e anexar à ficha o projeto de lei, cópia do documento de identidade, cópia do CPF e declaração de matrícula. No site da Câmara dos Deputados, o aluno pode preencher a ficha de inscrição e conferir explicações sobre a elaboração do projeto de lei.

O material completo deve ser entregue na escola do aluno para então ser encaminhado à diretoria de ensino. A seleção dos projetos será feita pela Secretaria da Educação, que se encarregará de enviar os 44 projetos selecionados para Brasília.

Em Brasília será feito um novo processo seletivo para a escolha de 11 projetos.  Os alunos escolhidos ficarão uma semana na cidade acompanhando o projeto de lei de sua autoria, que passará por todos os tramites necessários até se tornar lei. 

– Clique aqui e saiba mais sobre o programa

Crescimento

Os alunos das escolas paulistas têm se interessado cada vez mais pelo desenvolvimento de projetos e iniciativas voltadas para as áreas da política e da cidadania. Um levantamento pela, realizado Educação, apontou o crescimento no número de jovens inscritos no programa Parlamento Jovem Brasileiro.

Em 2013, foram 212 projetos de lei inscritos para representar o Estado de São Paulo na competição nacional, contra 180 projetos recebidos em 2012, o que indica aumento de 17,7%. 

Das propostas enviadas pelos alunos de São Paulo, foram pré-selecionados 44 projetos de lei, sendo 33 deles elaborados por alunos da rede estadual de ensino. Entre eles, está o trabalho do estudante Fabio Diego de Souza, da E.E. Anna Passamonti Balardin, em Sertãozinho, que visa a “redução de alíquota de impostos sobre produtos para veículos que possuam tecnologia híbrida”. Veja mais aqui.