sexta-feira, 30/08/2013
Professores e Funcionários

Professor blogueiro: confira cinco dicas para tornar sua página ainda mais interessante

Ritmo de atualização e conteúdo interativo estão entre as sugestões para tornar o blog mais atrativo

A utilização de blogs como ferramentas educativas é uma das formas de interação entre tecnologia e sala de aula. Com o objetivo de reunir essas páginas, o Portal da Educação criou a Rede de Professores Blogueiros.

Para aqueles que têm intimidade com a tecnologia e vontade de compartilhar suas experiências com alunos e outros professores, algumas dicas importantes podem ajudar os professores blogueiros e, até mesmo, encorajar aqueles que ainda pretendem criar suas páginas a colocar o plano em ação.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O ritmo de atualização, por exemplo, é um dos fatores importantes para fidelizar as visitas de internautas e alunos. Confira cinco sugestões para tornar o conteúdo publicado ainda mais interessante aos olhos dos estudantes e comunidade escolar!

1)    Atualização

Não há nada mais desestimulante para o admirador de uma página do que encontrá-la sempre desatualizada. Com o tempo, os seguidores perdem o interesse e deixam de visitar o blog que não apresenta novidades. Para manter os alunos e outros leitores por perto, é recomendável atualizar a página, ao menos, duas vezes por semana.

2)   Linguagem

No mundo virtual, a linguagem usada em sala de aula ganha nova roupagem. O vocabulário pode ser mais leve e, o mais importante, os longos textos de livros e apostilas devem ganhar versões mais enxutas. O ideal é publicar textos com parágrafos curtos, intercalados por espaços. A técnica evita que a página pareça “blocada” aos olhos de quem lê.

3)   Formato

Na internet, imagens e vídeos tornam qualquer conteúdo mais atraente. Por isso, a dica é utilizar fotos para ilustrar os posts sempre que possível, assim como outros conteúdos como vídeos e podcasts.

4)   Conteúdo

Para fazer parte da rede de Professores Blogueiros, é preciso utilizar o blog exclusivamente para divulgar conteúdo pedagógico. A página pode ser uma extensão da classe, mas não é necessário que todo o conteúdo seja reproduzido. O ideal é que a ferramenta seja uma forma de complementar o que é ensinado na escola, oferecendo, por exemplo, atividades extras ou indicações de sites relacionados à disciplina para a consulta dos alunos.

5)   Ferramentas

Com as dicas em mãos, é hora de criar sua página. Existem ferramentas gratuitas e fáceis de usar para hospedar o seu blog. Entre as possibilidades estão as plataformas WordPress e Blogger. Mãos à obra!