quinta-feira, 03/04/2014
Escola da Família

Quase 3 mil universitários começam a atuar no Escola da Família nesse sábado (5)

Jovens atuam nas escolas auxiliando em atividades de lazer, esporte, cultura, saúde e trabalho

Os 2,8 mil universitários convocados no último processo seletivo do Escola da Família começarão a atuar nas 2,3 mil escolas que fazem parte do programa nesse sábado (5). As vagas fazem parte do projeto Bolsa Universidade, que custeia integralmente a mensalidade do curso superior dos estudantes que atuam nas escolas aos fins de semana, auxiliando em atividades de esporte, cultura, lazer, saúde e trabalho.

Até o final do ano serão 35 mil bolsas ofertadas, número 59% maior do que os 22 mil benefícios distribuídos em 2013. Além disso, o valor que a Educação repassa às instituições de ensino superior credenciadas ao programa aumentou nesse ano, passando de R$ 310 para R$ 500. 

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Com o aumento da bolsa, os cursos de licenciatura poderão ser integralmente custeados, no caso de mensalidades até R$ 500. Para outros cursos, o estudante contemplado também recebe bolsa integral, com 50% da mensalidade – até R$ 500 – custeada pela Educação e o restante é completado pela instituição de ensino superior parceira.

Outra novidade é que a carga horária dos bolsistas foi reduzida. Até o ano passado, o universitário atuava 12 horas, divididas em 6 horas tanto no sábado quanto no domingo. Com a mudança, o bolsista cumpre apenas 8 horas de atividades na escola, podendo escolher o sábado ou o domingo.