terça-feira, 10/02/2015
Pais e Alunos

Saresp: 98,7% dos alunos com 7 anos de idade já sabem ler e escrever

Dados ainda apontam que 98,9% dos estudantes nesta faixa etária têm conhecimento pleno de Matemática

Os resultados da última edição do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo) apontam um novo avanço na alfabetização da rede estadual de ensino.

De acordo com a prova, 98,7% dos alunos do 2º do Ensino Fundamental já sabem ler e escrever. O índice é ainda maior do que os 94,6% registrados no ano anterior. A nova marca confirma o sucesso da meta ambiciosa de São Paulo de alfabetizar crianças aos 7 anos de idade (um ano antes do estipulado para todo o Brasil, 8 anos de idade).

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Os dados do Saresp foram apresentados nesta segunda-feira (9), pelo governador Geraldo Alckmin. Os números mostram que 56,4% dos alunos avaliados estão no nível Avançado em Língua Portuguesa. Outros 33,9% foram classificados como pleno. Em comparação à prova de 2013, houve melhora em todas as faixas de proficiência.

Em Matemática, os resultados também são satisfatórios: 98,9% dos alunos de 7 anos dominam o conteúdo exigido na disciplina (56,4% no nível Avançado), reflexo da implantação do material pedagógico pioneiro chamado EMAI. Trata-se de uma metodologia implantada em 2013 que orienta os docentes sobre como abordar os números e as operações matemáticas no cotidiano de uma geração que já nasce mexendo em computadores, aparelhos eletrônicos, televisão entre outros.

“Os resultados são animadores. A alfabetização e a aprendizagem em matemática no 2º e 3º anos são a melhor base para um avanço correto ao longo dos anos. Em 2013 São Paulo ousou, estipulou a alfabetização aos 7 anos e está cumprindo a meta”, afirma o secretário Herman Voorwald.

Avanço nos ciclos – Fundamental e Médio

Além dos dados dos anos iniciais, o Saresp também trouxe uma boa novidade para o 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. Em todas as séries avaliadas houve melhora. Além das médias, o Saresp permite uma avaliação dos estudantes por nível de proficiência. Saiba mais sobre os resultados aqui.