sexta-feira, 11/02/2005
Últimas Notícias

Videoconferência mostra, ao vivo, quais os planos da rede Estadual para 2005

O programa, realizado no estúdio da TV Cultura, foi transmitido para as escolas estaduais “Façam o simples. Alimentem a alma. E estejam preparados para o grande momento”. Assim o secretário de Estado da Educação, Gabriel Chalita, definiu como o professor deve receber os alunos na próxima segunda-feira, dia 14, quando recomeçam as aulas. “É preciso […]

O programa, realizado no estúdio da TV Cultura, foi transmitido para as escolas estaduais

“Façam o simples. Alimentem a alma. E estejam preparados para o grande momento”. Assim o secretário de Estado da Educação, Gabriel Chalita, definiu como o professor deve receber os alunos na próxima segunda-feira, dia 14, quando recomeçam as aulas. “É preciso ter entusiasmo, carinho e prazer em educar”, completou.

No estúdio, cerca de 80 pessoas entre diretores, assistentes técnico-pedagógicos e professores conheceram de perto quais os rumos da rede estadual por meio do tema “Planejamento 2005: por uma escola inclusiva e acolhedora”.

BONS EXEMPLOS

Durante duas horas, o bate-papo em forma de programa de tevê mostrou exemplos de escolas como a EE Tarcísio Álvares Lobo, onde o planejamento das atividades escolares do ano inteiro é feito com a colaboração dos alunos.

Pelos monitores do estúdio o público ouviu depoimentos de alunos, professores e pais que participam ativamente do dia a dia da escola. “Este é o momento para a escola avaliar o que foi bom, e repensar as atividades mais frágeis de cada unidade. A escola que defendemos precisa ser planejada”, disse a coodenadora da CENP – Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas, Sonia Maria Silva.

TROCAR E APRENDER

A diretora de Projetos Especiais da FDE, Leila Rentróia Ianone, que também participou da teleconferência, citou uma frase do educador Paulo Freire para lembrar o quanto é importante trocar experiências. “Ninguém aprende sozinho. Nós aprendemos juntos, em comunhão”.

Além das perguntas recebidas por e-mail e lidas pelo apresentador Cunha Júnior, quem estava na platéia também foi chamado para participar escrevendo palavras-chave sobre o que acham fundamental no dia a dia deles: “entusiasmo”, “movimento”, “participação”, “compromisso”, “coletivo” e “criatividade” foram as palavras escritas pelos educadores da rede estadual.

ARTE E EDUCAÇÃO

O sucesso na implantação de atividades como o teatro também foi mostrado ao vivo com a apresentação de um trecho da peça “Sonhos de Uma Noite de Verão”, de Willian Shakespeare, encenada pelos alunos da EE Tarcísio Álvares Lobo.

BOAS VINDAS

No fim, o secretário Gabriel Chalita voltou a lembrar qual deve ser a postura do professor na volta do ano letivo. “Só o gesto de ouvir o aluno e recebê-lo na porta da escola já colabora muito para que ele se sinta bem recebido”.

Celso Bandarra