quarta-feira, 23/08/2017
Pais e Alunos

Conheça os projetos finalistas da 12ª edição do Prêmio Mario Covas

Sete dos 24 programas são iniciativas da Secretaria da Educação

Foi divulgada a lista dos finalistas da 12ª edição do Prêmio Mario Covas, iniciativa que tem como objetivo reconhecer a criatividade e a dedicação daqueles que aprimoram a qualidade dos serviços públicos e elevam o bem-estar dos cidadãos. Nesta edição, sete ações da Secretaria da Educação figuram a lista de classificados.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Na categoria Melhoria da Gestão Governamental, para iniciativas que desenvolvam ações de racionalização dos processos administrativos e que busquem maior eficiência e agilidade no serviço público e/ou melhorem o uso dos recursos públicos, concorre o projeto Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo (FeCEESP): Pré-IC na Educação Básica.

“Na Feira de Ciências, nós atendemos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até a 2ª série do Ensino Médio, e, no início, o nosso grande desafio era promover uma feira física que contemplasse a todos, o problema é que os custos disso são muito elevados. Então, nós criamos um desenho tecnológico usando a estrutura dos nossos estúdios para transmissões de videoconferências, além de dividirmos a feira em três etapas: escola, diretoria de ensino e Secretaria”, explicou Hebert Gomes da Silva, da equipe de Ciências da Natureza da Coordenadoria da Gestão da Educação Básica.

Ainda nesta categoria, concorrem os projetos: Classificação de Reenquadramento de Aprendizagem (CRA), ação pedagógica cuja plataforma é dirigida a professores de escolas de Ensino Fundamental e Médio, para ajudar a reconhecer os diferentes níveis de aprendizagem e a acompanhar e melhorar a evolução dos alunos, aplicada em escolas da Diretoria de Ensino Centro Oeste; e Estágio Supervisionado numa perspectiva de trabalho integrado na formação do futuro professor, iniciativa da Diretoria de Ensino de São Carlos.

Na categoria Melhor Serviços Prestados aos Cidadãos, estão os projetos Aventuras Currículo+, que apresenta estratégias diferenciadas para a recuperação de conteúdos e o desenvolvimento de competências e habilidades relativas à leitura, à escrita e aos conhecimentos matemáticos, com o uso das tecnologias para tornar a aula mais diversificada e dinâmica; Novos olhares, novas práticas: Educação e Rede de Proteção, integrada à Diretoria de Ensino de Lins; e o Programa de Educação para Democracia e Cidadania, que leva estudantes à Brasília para participar de uma jornada de simulação parlamentar e aumenta o pensamento crítico de jovens protagonistas.

Concorre ainda nesta categoria o Concurso de Quadras, Frases, Charges e Paródias, do Projeto Prevenção Também se Ensina. Iniciativa que faz parte do fechamento das ações pedagógicas da Diretoria de Ensino de Catanduva há 20 anos. 

Os 12 finalistas de cada categoria passarão ainda por banca avaliadora para seleção dos vencedores. 

Atualizada em 23/08/2017 às 16h10