quarta-feira, 05/03/2014
Ensino Integral

Diretora destaca aproximação da comunidade após adesão ao novo modelo de tempo integral

Na E.E. Cristiano Osório de Oliveira, em São João da Boa Vista, vizinhos participam de atividades

Há 15 anos à frente da E.E. Cel Cristiano Osório de Oliveira, em São João da Boa Vista, a diretora Célia Aparecida Giacomini Ferrari está animada com a aproximação entre a unidade e a comunidade. A relação se estreitou depois que a escola passou a oferecer o novo modelo de ensino integral, no início desse ano.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Um dos projetos colocados em prática pela diretora engaja os vizinhos da unidade em uma das principais propostas do novo modelo de ensino: a criação de clubes juvenis. “Convidamos pessoas da comunidade para apresentar opções aos alunos, como academias de dança, de tênis de mesa e jiu jitsu”, explica. “Ao final das apresentações, os alunos correm para tirar suas dúvidas e planejar a criação dos clubes”, revela a diretora, que ainda programa apresentações de música, teatro e fotografia, sempre ministradas por pessoas da comunidade.

Além de aproximar pais e vizinhos, a medida tem animado os alunos. “Eles percebem nas apresentações o sentido daquilo que aprendem na teoria durante as aulas, pois os clubes são vinculados ao currículo do Estado. Eles têm se mostrado mais participativos nas aulas de maneira geral”, ressalta.

Interação virtual

Não é só nas atividades cotidianas que pais e alunos estão engajados. A página da escola no Facebook mostra que a empolgação extrapola até mesmo o horário das aulas. “Fizemos um álbum com as fotos da semana do acolhimento. Em dois dias, tivemos mais de dois mil acessos ao álbum”, conta animada.

Na opinião da diretora, a página é mais uma forma de garantir a participação da comunidade. “Os pais acompanham as atividades realizadas pelos filhos por meio da página. Essa também é uma forma de estarem presentes na escola”, finaliza. 

Novo modelo

Em 2014, o novo modelo de escola de tempo integral chega à 182 escolas. Nessa modalidade de ensino, a jornada é de oito horas e meia no Ensino Fundamental e de nove horas e meia no Ensino Médio, incluindo três refeições diárias. A estrutura conta com salas temáticas de português, história, arte e geografia, além de salas de leitura e informática.

Na matriz curricular, os alunos terão orientação de estudos, prática de ciências, preparação acadêmica e para o mundo do trabalho e auxílio na elaboração de um projeto de vida, que consiste em um plano para o seu futuro. Além das disciplinas obrigatórias, os estudantes contam também com disciplinas eletivas, que são escolhidas de acordo com seu objetivo.