terça-feira, 15/03/2016
Boas Práticas

Exposição de trabalhos da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia começa hoje

Cerimônia de premiação da Febrace acontece na próxima sexta-feira (18)

Começou nesta terça-feira (15), a 14ª edição da mostra de projetos da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), na Universidade de São Paulo (USP). Ao todo, são 340 equipes de Ensino Fundamental, Ensino Médio e Técnico de todo o país classificadas nesta última fase. A mostra é aberta ao público e segue até o dia 17 de março. Na próxima sexta-feira (18), acontece a cerimônia de premiação dos melhores trabalhos.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

O objetivo da feira é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica. Todos os projetos são avaliados por especialistas e divididos em sete categorias: Engenharia, Ciências Agrárias, Biológicas, Exatas e da Terra, Humanas, Saúde e Sociais Aplicadas.

Os autores dos melhores trabalhos ganharão troféus, medalhas, bolsas e estágios, num total aproximado de 200 prêmios. Também concorrerão a uma das nove vagas para representar o Brasil na Feira Internacional de Ciências e Engenharia, que será realizada em maio, em Phoenix, nos Estados Unidos.

Projetos finalistas de alunos da rede estadual

Nesta edição, 11 projetos são de alunos da rede estadual paulista. Os trabalhos incluem pesquisa sobre o Aedes aegypti, febre maculosa, anemia, além de temas ligados à educação, tecnologia e impacto ambiental.

Clique aqui e confira os projetos finalistas da rede estadual 

A orientação do projeto sobre a febre maculosa (ou do carrapato) também rendeu à professora de biologia Lia Flávia, da E.E. Jardim Riviera, em Santo André, a indicação ao prêmio Professor Destaque como finalista na categoria. Além de pesquisar com mais detalhes a doença, o objetivo é conscientizar o bairro Clube de Campo, vizinho à escola.