quarta-feira, 02/09/2015
Pais e Alunos

Tecnologia é tema de novo concurso de desenho para alunos de SP

Prêmio Wizo de Pintura e Desenho incentiva produção artística de jovens da rede estadual

A influência da tecnologia no cotidiano é o mote de um novo concurso aberto a alunos da rede estadual. Desta vez, o desafio dos estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio é retratar, em desenho, a relação entre Brasil e Israel no setor tecnológico. A iniciativa faz parte da parceria entre a Educação e a Organização Feminina Wizo, que todos os anos premia os melhores trabalhos artísticos de jovens paulistas. As inscrições seguem até 10 de outubro.

Clique aqui e confira o regulamento

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e no Facebook

Para participar, os alunos deverão criar seus desenhos em cartolina, papel ou tela sem moldura, medindo no máximo 50×70 cm – com exceção de colagens. Os estudantes podem utilizar diversas técnicas como óleo, acrílico, guache, aquarela, nanquim, lápis de cera, mosaico, entre outros.

Os estudantes deverão entregar os desenhos aos professores, que devem encaminhar as ilustrações para a diretoria de ensino da escola. A unidade encaminhará os 10 melhores trabalhos, até o dia 10 de outubro, para a sede da Organização Feminina Wizo, em São Paulo. No verso de cada trabalho deverá constar: nome da escola, endereço completo, número de telefone com código de área, indicação da diretoria de ensino a qual a escola pertence, nome do aluno, idade, série, endereço completo, telefone, nome do professor responsável e matéria que leciona. Caso falte uma das informações acima, o trabalho será desclassificado.

O aluno vencedor e o professor orientador do trabalho receberão passagens aéreas de ida e volta para Brasília, incluindo hospedagem, e um aparelho eletrônico. Os 2º e 3º lugares também ganharão aparelho eletrônico. Todos os premiados receberão medalhas e kit de pintura.

Na última edição, o desenho de maior destaque foi feito pelo aluno Pedro Paulo de Carvalho, da E.E. Valentim Gentil, em Itápolis. Seguindo o tema proposto, o estudante ilustrou a bravura de dois povos em busca de liberdade: os negros, no Quilombo dos Palmares, e os judeus zelotes, em Massada. Este ano, o tema une os dois países novamente na história da construção e evolução da tecnologia, presente na vida atual e que move descobertas a cada dia.