Notícia

Educadores podem contribuir com a construção do currículo paulista

Para orientar as discussões, videoconferência sobre a Base Nacional Comum Curricular acontece nesta terça (6), às 10h

qua, 07.03.2018

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo começa a aprofundar as discussões e o planejamento sobre a implementação de um novo currículo oficial do estado, orientado pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Durante os meses de março a novembro, os professores, gestores e técnicos vinculados às escolas públicas em todo o estado poderão participar do processo colaborativo. A primeira delas é engajando sua escola a estudar o material de referência disponibilizado pelo MEC no site da BNCC. A segunda é a participação dos municípios em pesquisa que objetiva levantar os currículos já utilizados e o interesse de adesão ao processo de (re)elaboração curricular. Os municípios que aderirem enviarão seus currículos para estudo da equipe de (re)elaboração do currículo paulista.

Os educadores poderão, ainda, participar de seminários que serão executados em todas as regiões do estado para a criação de grupos de trabalho para aprimorar o texto inicial do novo currículo paulista escrito com base em todos os documentos recebidos e a BNCC. Também será possível fazer considerações em uma plataforma digital, desenvolvida pela MEC, em que a versão inicial estará disponível para consulta.

Currículo da Rede Estadual completa 10 anos

Desde 2008, as mais de 5 mil escolas da rede estadual possuem um currículo base para os anos iniciais e anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio. Desse modo, a Educação forneceu uma base comum de conhecimentos e competências que permitiu que todas as unidades funcionassem, de fato, como uma rede articulada e pautada pelos mesmos objetivos.

Além do Currículo, a Educação fornece os Cadernos do Professor e do Aluno, organizados por disciplina, de acordo com a série, ano e bimestre. Neles, são apresentadas Situações de Aprendizagem para orientar o trabalho do professor no ensino dos conteúdos disciplinares específicos e a aprendizagem dos alunos.

Com o trabalho de implementação da BNCC, esse currículo será aprimorado em parceria com os municípios que desejarem participar para a construção de um currículo paulista.