sexta-feira, 04/05/2018
CEL

Centro de Línguas: oportunidade para aprender um novo idioma

O acesso aos cursos é gratuito. Podem se inscrever alunos dos ensinos Fundamental e Médio ou Educação de Jovens e Adultos

Estudantes da rede estadual de ensino têm a oportunidade de aprender um novo idioma com o Centro de Estudo de Línguas (CEL). As unidades de ensino disponibilizam cursos de inglês, espanhol, francês, alemão, italiano e japonês, conforme a demanda de cada região.

O acesso aos cursos é gratuito. Podem se inscrever alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos (EJA).

“Acredito que oportunizar aos alunos o contato com um novo idioma, ou um aprofundamento, garante maiores possibilidades”, fala Rosangela Valim, coordenadora da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica.

Bruno Souza Ribeiro, ex-aluno da escola Rui Bloem, em São Paulo, conta que conquistou o seu primeiro emprego, por causa do segundo idioma. “Surgiu uma vaga numa companhia aérea para poder utilizar a língua espanhola. Eu me candidatei, cadastrei o meu currículo e enviei. Fui chamado duas semanas depois, fiz todo o processo seletivo e passei”, conta.

As vantagens de aprender uma língua estrangeira são inúmeras e não se limitam apenas as exigências do mercado de trabalho. É uma oportunidade de conhecer outras culturas, de ampliar a rede de contatos e criar novos caminhos.

“As aulas são presenciais, possibilitando que o aluno, além de aprender a ler, escrever, compreender e falar outro idioma, tenha a oportunidade de ampliar sua formação cultural, explorando nas aulas os costumes de outros países”, explica Herbert Gomes da Silva, diretor do Centro do Ensino Fundamental Anos Finais, Ensino Médio e Educação Profissional – CEFAF.

E a professora de japonês Edna Tanaka garante que com muita dedicação e força de vontade, o jovem conquista o segundo idioma. “O aluno sai preparado em três anos. Nesse período, ele aprende a falar, escrever e ler”, explica a professora de Japonês do CEL, Edna Tanaka.

CEL’s em números

O Centro de Estudo de Línguas acolhe 58.381 estudantes da rede estadual paulista, nas 198 unidades espalhadas pelo Estado. As línguas mais procuradas são espanhol, com 37.044 matriculados, e inglês, com 11.858 alunos.

Francês é a terceira língua com maior número de interessados e soma 4.366 crianças e jovens nas salas de aula. Na sequência vem japonês, com 2.304, alemão, com 1523, e italiano, com 1213 frequentadores. Ainda uma novidade, o idioma oficial chinês foi a última língua a ser incorporada no currículo no programa. Atualmente, 73 pessoas estudam mandarim nos CEL’s.

O acesso aos cursos é gratuito. Podem se inscrever alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Educação de Jovens e Adultos (EJA).